Menu

Edézio Paz

Bailarino e Jornalista



Direção Geral - Produções


1ª Gala Espanhola

2004 - Teatro João Caetano

1ª, 2ª e 3ª Mostra de Danças Árabes

2014 a 2017 Teatro Cacilda Becker

1ª Maratona de Preparação Corporal na Metodologia de Zumba

2014  e 2015 - Teatro Cacilda Becker

Dançar é...

2008 - Teatro Municipal de Niterói (Convidada Especial Ana Botafogo)

Fórum Nacional de Dança de Salão

2004 - Sesc de Nova Iguaçu

Fórum Nacional de Dança de Salão do Rio de Janeiro

2006 - Teatro Cacilda Becker

Mostra Integração Dança

2018 - Teatro CIEE/Porto Alegre/RS

Mostra Coreográfica de Dança de Salão

2001 - Teatro João Caetano

2002 - Teatro Villa Lobos

2006 - Teatro João Caetano

Mostra de Dança Jazz 40º

2009 - Teatro Cacilda Becker - Homenageados: Marly Tavares e In Memória Edmundo Carijó

2010 - Teatro Cacilda Becker - Homenageado: Kiko Guarabyra

2012  a 2015 - Teatro Angel Vianna (Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro)

Mostra de Dança Núbia Show

2017 - Teatro Angel Vianna (Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro)

Sapatear é...

2008 - Teatro Popular de Niterói

2013 - Teatro Angel Vianna (Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro)

Semana do Dia Internacional da Dança

2008 a 2010 - Teatro Cacilda Becker

2011 a 2012 -  Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro

2015 e 2017- Teatro Cacilda Becker

Seminário de Dança JD

2017 - Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro

Projeto Só Dança/Palco Nino Giovanetti

2016 - 03/09 Campo de São Bento/Icaraí/Niterói

2016 - 12/11 Campo de São Bento/Icaraí/Niterói

2017 - 08/04 Campo de São Bento/Icaraí/Niterói

2017 - 29/04 Shopping Itaipu MultiCenter/Itaipu/Niterói

2017 - 06/08 Shopping Itaipu MultiCenter/Itaipu/Niterói

2017 - 20/08 Cidade das Artes

2018 - 29/04 Campo de São Bento/Icaraí/Niterói


Flávio Freitas

Administrador de empresas e produtor cultural nas áreas de artes cênicas, música e artes plásticas. Cursou MBA em Entidades Culturais e Criativas na Anhembi Morumbi. Em 2005 fundou com o empreendedor Glauco Fernando a Artesofia Produção Cultural e o Núcleo Artístico denominado Ícaro Cia de Dança. No período de 2005 a 2012 a Ícaro Cia de Dança circulou apresentando seu repertório em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Curitiba, Belo Horizonte e diversas cidades do interior paulista, onde circulou com os espetáculos: Bach Barock Brasilien, Grandes Clássicos e Fascinaçao. Em 2007 fundou o Instituto Sergei Diaghilev, entidade sem fins lucrativos que promove a conservação da dança e música clássica no Brasil. Produziu o Espetáculo 50 Anos de Francis Hime, que apresentou-se na CAIXA Cultural em Brasília. Foi parecerista da área de dança, teatro, música popular, música clássica e prestação de contas do MinC – Ministério da Cultura de janeiro de 2010 a dezembro de 2011. Em 2013 e 2014 produziu a exposição de artes plásticas: A Arte Brasileira Invade Moscou que circulou nas cidades de Jundiaí, São Paulo e Moscou atingindo um público total de 19 mil pessoas. No anos de 2013 a 2016 atuou como especialista em Leis de Incentivo á Cultura, ministrando cursos nas cidades de Jundiaí e São Paulo a mais de 300 empreendedores. Em 2017, através do Instituto Sergei Diaghilev fundou a OPHU – Orquestra Philarmônica de Uberlândia, núcleo artístico que tem o apoio da Prefeitura de Uberlândia e se apresenta na cidade deste então, tendo se apresentado no Teatro Municipal, na Praça Clarimundo Carneiro e no Teatro de Bolso, que abriga os ensaios da orquestra.

Glauco Fernando

(Diretor Artístico e de Produção) – formado pela Prof(a) Silvia Cibele, através do Silci Ballet em Ballet Clássico, repertório e Pas de Deux, freqüentando as seguintes escolas internacionais: Escola Acadêmica e Coreográfica do Ballet Bolshoi em Moscou e também, Centro Prodanza em Havana. Foi membro solista da COMPANHIA DE NITERÓI, lá permanecendo de 2001 até julho de 2002. De Outubro a Dezembro de 2002, participou do corpo de baile do CISNE NEGRO, durante a montagem do Espetáculo “O QUEBRA-NOZES”. Em 2005 fundou com o empreendedor Flávio Freitas a Artesofia Produção Cultural e o Núcleo Artístico denominado Ícaro Cia de Dança. É Diretor Artístico e Coreógrafo da Ícaro Cia de Dança desde 2005, tendo sido premiado em diversos festivais no Estado de São Paulo com o conjunto coreográfico do espetáculo Bach Barock Brasilien, espetáculo este que circulou nacionalmente entre os anos de 2009 e 2011 através do circuito CAIXA Cultural e produções próprias da Artesofia. Em 2009 fundou a Artesofia Escola de Dança e Artes que possuiu sede em São Paulo até o ano de 2014 e abrigava os ensaios da Ícaro Cia de Dança. Em 2010 produziu o espetáculo de Teatro Gota d´água Breviário, no circuito da CAIXA Cultural em Curitiba. Ainda em 2010 coreografou o espetáculo Grandes Clássicos, que circulou nos Centros de Ensino Unificados da Cidade de São Paulo e apresentou-se no Teatro de Dança em São Paulo. Em 2011 coreografou o espetáculo Fascinação – Espetáculo de Dança na obra de Elis Regina, que circulou pelo estado de São Paulo e visitou também Belo Horizonte. Produziu o Espetáculo 50 Anos de Francis Hime, que apresentou-se na CAIXA Cultural em Brasília. Foi parecerista da área de dança, teatro e música popular do MinC – Ministério da Cultura de janeiro de 2010 a dezembro de 2011. Durante os anos de 2012 a 2014 produziu o projeto social “Dança, Música e Cidadania”, onde ministrou aulas de ballet clássico a mais de 500 crianças em várias unidades dos Centros de Ensino Unificados da Cidade de São Paulo. Em 2013 e 2014 produziu a exposição de artes plásticas: A Arte Brasileira Invade Moscou que circulou nas cidades de Jundiaí, São Paulo e Moscou atingindo um público total de 19 mil pessoas. Desde junho de 2016 atua como professor de ballet clássico, repertório e pas de deux em diversas escolas na cidade de Uberlândia. Em 2017, através do Instituto Sergei Diaghilev fundou a OPHU – Orquestra Philarmônica de Uberlândia, núcleo artístico que tem o apoio da Prefeitura de Uberlândia e juntamente com a Ícaro Cia de Dança se apresentaram no Teatro Municipal, na Praça Clarimundo Carneiro e no Teatro de Bolso, que abriga os ensaios da orquestra e na Oficina Cultural de Uberlândia, que abriga os ensaios da Ícaro.

Cintia Diniz  

Psicóloga graduada pela Faculdade Paulistana de Ciências e Letras em São Paulo, com

MBA em Gestão de Pessoas e Recursos Humanos pela Fundação Getúlio Vargas -

FGV/SP, cursando Mestrado em Psicologia pela Universidad Europea del Atlantico –

Espanha e aluna especial do curso de Mestrado em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN; Professora de Dança formada pela Royal Faculty of Education e professora registrada pela Royal Academy of Dance de Londres; Member of the International Dance Council CID, vinculado a UNESCO.  

Possui mais de 15 anos de experiência em gestão de pessoas e RH, atuando em empresas nacionais, multinacionais e consultorias por todo o Brasil. Participou de inúmeros eventos, cursos e congressos de Psicologia e Recursos Humanos no país e no exterior e atualmente é Mentora do curso Psychology at Work - The University of Western Australia , oferecido pelo Coursera.  

Bailarina formada em ballet clássico pelo método Francês, Vaganova e Royal, estudou com professores renomados da dança no Brasil e no exterior, como: Toshie Kobayashi, Ilara Lopes, Sonia Mota, Marize Matias, Mario Nascimento, Luiz Cury, Rubem Terranova, Betsy Lobato entre outros. Dançou profissionalmente na Cia Alma Negra (1993 a 1995), 

Experimental da Dança Marize Matias (1996 a 2009), Cia de Ilusões (2008) e Kridans Cia de Dança (2009 a 2014).

Como professora e coreógrafa de dança, possui mais de 25 anos de experiência lecionando em diversas escolas pelo país para crianças, jovens e adultos. Formou alunos em ballet clássico e contemporâneo, e possui trabalhos coreográficos premiados em festivais de grande expressão no país.  

Sua experiência profissional possibilitou alinhar as duas práticas, criando o projeto de Psicologia da Dança: “De Corpo e Mente com a Dança”, que desde 2009 desenvolve pesquisas e trabalhos de consultoria para escolas e academias, capacitação de professores, orientação aos pais, bem como em trabalhos voluntários desenvolvidos,sempre abordando a dança como um aspecto de saúde integral.  

Autora de diversos artigos sobre psicologia e dança (primeiro artigo publicado em 2001), possui seu trabalho divulgado em revistas, jornais e sites especializados nas duas áreas, nacional e internacionalmente, e trabalhos expostos sobre o tema em Mostras Nacionais sobre Psicologia. Atualmente, além de ministrar aulas de Royal, é colunista do site “Ballet Sem Estresse”, “Jornal da Dança”, “CID Dance Writings”; Apresentadora de programa na Rede RVC de rádio, com alcance internacional, sobre dança; desenvolve trabalhos de consultoria em Psicologia da Dança e Coach em Dança para escolas, academias e grupos, e realize trabalhos como júri, palestrante e professora em festivais de dança em todo o país.

Lidiane Mambrini

Professora de Dança formada pela Royal Faculty of Education e professora registrada pela Royal Academy of Dance de Londres.

Membro do Conseil Internacional de la  Danse/ Unesco Paris.Cid-19120
 

Full member da Royal Academy of Dance London.ID-1590993

Formada pela Royal Academy of Dance London 2003/2006  com o conceito Distiction em Advanced 2

Cursando artes visuais pela universidade Unip- 2016-2019

Orlando Ballet School EUA/ 2015/2016

 

MBA em dança pela faculdade Inspirar- 2013/2014
 

Formação pela Escola de dança do Palácio das Artes CEFAR- Belo Horizonte –MG -2003/2004
  

Bailarina profissional da Cia de dança Sesiminas  1999 a 2003

 

Representante e relações internacionais com escolas de dança para program summer course of ballet Schooll Orlando EUA.

 

Curadora do Festival de dança Amadança Premium Brasil Juiz de Fora – MG

Idealizadora e fundarora do programa de cursos e eventos em dança Dança das Gerais.

Diretora sócia da LCP produções artísticas.

Teve como mestres Marcelo Missailidis, Denis Gray, Cecília Kerche, Eugênia Feudorova, Tíndaro Silvano, Richard Cragun, Maria Clara Salles, Betina Belomo.

 

Como professora de dança, possui 22 anos de experiência lecionando para crianças, jovens e adultos.

 

Márcio Leoni

Jornalista carioca, iniciou sua carreira em 1982, escrevendo para a Revista Nacional, 1º tabloide produzido em fotolito no Brasil, onde também era revisor de textos.

Na mídia especializada em dança começou em 2001, revitalizando o jornal Dance News e, posteriormente criando a Infok – Revista Dança, hoje All Dance, tendo deixado a revista dois anos depois para cumprir compromissos nas regiões Centro-Oeste e Nordeste.  Participou ativamente na reestruturação editorial de alguns veículos alternativos no eixo Rio x Brasília, tendo criado revistas, informativos e jornais em vários segmentos. Em 2014, numa de suas voltas ao Rio, relançou o Dance News, mas o dever lhe chamava mais uma vez para fora da Cidade Maravilhosa. De volta ao Rio, definitivamente, no final de 2016, foi convidado para compor a diretoria executiva do Sindicato dos Jornalistas do Município do Rio de Janeiro e, a pedido de Wanyr Almeida, voltar a editar o jornal Dance News. Com um bom relacionamento entre os profissionais mais antigos de Dança e Salão, aceitou o desafio e ao lado do amigo particular, publicitário e diretor de arte Ronaldo Moreira, assumiu a responsabilidade de manter de pé o primeiro veículo dirigido à Dança de Salão. 

Tenha também o seu site. É grátis!